Harmonização Facial

Harmonização Facial

Harmonização Facial

A harmonização facial é um tratamento muito procurado que usa de preenchimento com ácido hialurônico em pontos estratégicos individuais, escolhidos para embelezamento e/ou rejuvenescimento.  Essa avaliação leva em consideração as proporções da beleza e pontos para rejuvenescimento (como o MD codes), além da percepção e experiência individual do cirurgião plástico e do próprio paciente.

As proporções da beleza se baseiam na proporção áurea, número de ouro ou Phi, que já era utilizado desde a antiguidade nas obras de arte, frequentemente encontrados em pinturas renascentistas, também observado na natureza como nas colmeias, e de forma aproximada no ser humano (como tamanho dos ossos dos dedos). Foi observado que pessoas belas geralmente possuem as dimensões da face próximas dessa proporção.

Somado a isso, estudos recentes comprovam que o envelhecimento ocorre não só pelo adelgaçamento e aumento de flacidez da pele, mas em grande parte pela perda de volume facial (massa óssea e de gordura).

Através do preenchimento facial podemos reequilibrar todas essas medidas estudando todos esses fatores, e lançando mão do ácido hialurônico, hoje disponível em diversas densidades, para se adaptar às diversas áreas da face, gerando um resultado cada vez mais natural. Incluído nesse contexto está a rinomodelação, na qual podemos levantar a ponta nasal caída ou disfarçar a giba, tornado o nariz mais harmonioso com a face.

As vantagens desse procedimento são a realização no consultório, de maneira rápida, sem necessidade de internação e repouso como quando o paciente é submetido a uma cirurgia, poucas chances de complicações (quando realizado por um médico especialista), e ainda com possibilidade de reversão do procedimento se necessário. O tratamento é pouco doloroso pois utilizamos pomadas anestésicas e até anestesia local quando necessário, e quando é utilizada a cânula, as chances de equimose diminuem bastante.  O efeito dura de 1 a 2 anos dependendo da qualidade do ácido hialurônico utilizado. Os produtos mais modernos e de custo mais elevado, pelo fato de as moléculas possuírem maior cross-linking, possuem uma duração bem mais elevada e resultado mais natural, pois se misturam melhor no espaço intercelular do tecido humano.

Substâncias bioestimuladoras de colágeno, como o Sculptra (ácido poli-L-lático) e o Radiesse (hidroxiapatita de cálcio / volumizador e repositor de colágeno), podem também ser utilizadas, combatendo intensamente a flacidez e melhorando assim o resultado final em alguns pacientes.

Além disso, a toxina poderá suavizar as rugas e linhas de expressão, elevar as sobrancelhas, ou tratar a hipertrofia do masseter, podendo também ser indicada em alguns casos na harmonização facial.